21 dez.2011

Zara assina termo contra trabalho escravo

Após muita polêmica envolvendo acusação de trabalho escravo, a Zara assinou um termo – chamado Termo de Ajuste de Conduta (TAC) – onde se compromete a combater esse fato em sua cadeia produtiva no Brasil. Em caso de descumprimento será aplicada multa de 50 mil reais, revertidas posteriormente a um fundo de emergência para o Centro de Apoio ao Migrante e para a Pastoral do Migrante.

A assinatura implica também em fazer com que a empresa espanhola invista 3,4 milhões de reais em ações preventivas e corretivas ao trabalho escravo.

Imagem: Google Imagens

Fonte: Modaspot

Acesse – www.passarela.com