Home / Dicas de Moda Masculina / Tipos de colarinho e suas indicações de uso
02 dez.2013

Tipos de colarinho e suas indicações de uso

Quando falamos em moda social e em camisa social, parece que tudo é sempre a mesma coisa, tudo igual. A verdade é que existem vários detalhes e estilos de looks formais que devemos analisar para deixar sempre o visual antenado e de acordo com as ocasiões.

 

Nosso leitor Laercio, por exemplo, pediu um post sobre os diferentes tipos de colarinho de camisas sociais. Esse é um tema de muita importância, principalmente para quem vive o dia a dia de roupa social ou precisa comparecer a diversos eventos de porte formal.

Existem vários tipos de colarinho, mas a maioria não é muito usável, principalmente no Brasil. Por isso apresentamos aqui os principais tipos de colarinho!

Saiba como usar os 4 principais tipos de colarinho

Colarinho francês

Vamos começar pelo mais simples e que é um dos tipos de colarinho mais encontrados nas camisas masculinas, o colarinho francês.

Esse é o colarinho mais comum e fácil de se achar em grandes lojas, já que ele é o mais simples e também muito recomendado para vários formatos de rosto e de corpo. Como é um colarinho semi-aberto, ele permite qualquer nó de gravata e é indicado tanto para o uso só da camisa como para o terno, mas não smoking.

Apesar de ser polivalente, o colarinho francês é indicado principalmente para homens de rosto oval, uma vez que o seu formato do colarinho equilibra a forma do rosto.

Colarinho Francês

Colarinho inglês 

Esse, acima, é o colarinho inglês. Ele é muito parecido com o francês, porém com pontas mais longas e fechadas. O nó ideal para usar com esse tipo de camisa social deve ser maior, mas sem muito volume, e você também pode usar sem gravata em uma produção menos formal.

Como as linhas retas são bem marcadas, o colarinho inglês deve ser evitado por homens de rosto fino, porém é uma ótima aposta para quem tem rosto redondo.

Colarinho Inglês

Colarinho italiano

Com pontas mais curtas e uma abertura bem maior do que as anteriores, o colarinho italiano traz um pouco do charme e elegância arrojada dos italianos. Para acompanhar, o ideal são gravatas com nó grande, para preencher o espaço da grande abertura do colarinho.

Este é um dos tipos de colarinho mais formais e é ideal para se usar com terno. Perfeito para quem gosta de uma roupa mais ajustada e um visual mais moderno. Não recomendamos, entretanto, usar sem a gravata, pois pode ficar estranho devido à abertura maior. Homens de rosto mais fino e longo podem apostar sem medo no colarinho italiano, uma vez que ele valoriza bastante a região do pescoço.

Colarinho Italiano

Colarinho americano

O colarinho americano é esse que tem os botões nas pontas. Ele é mais informal do que os outros tipos de colarinhos, por isso é recomendado o uso apenas em ocasiões com dresscode mais informal e que este colarinho acompanhe mais camisas casuais do que as mais sociais. Esse tipo de colarinho favorece rostos pequenos.

Colarinho Americano

Colarinho quebrado

Este colarinho, mais curto e com as pontas “quebradas”, é um dos tipos de colarinho mais chiques, próprio para acompanhar smokings e trajes de noite. Ele pede nós menores e se dá muito bem com as gravatas borboletas. É um dos menos comuns, mas é altamente sofisticado.

Recomendamos o francês para quem tem medo de errar, o inglês para quem tem o rosto redondo, o italiano para os mais jovens e modernos, o americano para as camisas mais leves e casuais e, por fim, o “quebrado” para uma ocasião extremamente elegante.

Colarinho Curto
Este colarinho, mais curto e com as pontas “quebradas”, é o mais chique e sofisticado, próprio para acompanhar smokings e trajes de noite. Ele pede nós menores e se dá muito bem com as gravatas borboletas. É um dos menos comuns mas é altamente sofisticado.Esses são os tipos mais comuns e que se dão muito bem nas roupas sociais.

Recomendo o francês para quem tem medo de errar, o inglês para quem tem o rosto redondo, o italiano para os mais jovens e modernos, o americano para as camisas mais leves e casuais e, por fim, o “quebrado” para uma ocasião extremamente elegante.

Colarinhos

Gostou das dicas? Então continue navegando pelo blog da Passarela para mais artigos sobre o mundo da moda.

2 Comentários

  1. Marlene disse:

    Olá, bem interessante mesmo este post !!!

    Se desejar acesse: http://www.novidadesdamoda.com.br

  2. laercio disse:

    Obrigado kauê!