Parece que John Galliano conseguiu escapar da prisão, porém, não sem custos. O estilista, segundo a publicação americana ‘The New York Times’, deverá pagar uma multa de 8.400 dólares, devido às acusações de racismo, antissemitismo e agressão verbal que pesam contra ele na França.

Galliano conseguiu, ao menos, se livrar da detenção, já que na França a pena máxima por insultos a religião, etnia, raça e origem chega a até seis meses de prisão. Como desculpa para suas atitudes o estilista usou a pressão e exigências sofridas no mundo da moda que, segundo ele, evidenciaram esse colapso.

Fonte: modaspot.com.br

Quer ir para Paris?
Então acesse http://twixar.com/94g3wGPFchu e participe!

Acesse – www.passarela.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.